Começam nesta terça-feira as inscrições para o concurso público para professores e coordenadores pedagógicos do Estado

Começam, nesta terça-feira (14), as inscrições para o concurso público para professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual de ensino, promovido pelo Governo do Estado da Bahia, por meio das Secretarias da Educação e Administração. São 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. As inscrições prosseguem até o dia 12 de dezembro, custam R$ 100 para ambos os cargos, e serão feitas exclusivamente, via internet, pelo site da Fundação Carlos Chagas, empresa responsável pela aplicação das provas (www.concursosfcc.com.br).

O secretário Walter Pinheiro disse que o concurso será para 40 horas semanais e representa uma das ações estratégias que vêm sendo adotadas pelo Estado para fortalecer o eixo pedagógico nas escolas estaduais. “Este concurso vem sendo esperado há muito tempo pelos educadores e o governador Rui Costa, mesmo diante da situação econômica do país, tomou esta decisão que fortalece o eixo pedagógico das escolas e, consequentemente, a nossa qualidade do ensino”, afirmou Pinheiro, ao destacar que a iniciativa vai potencializando a oferta da Educação em Tempo Integral na rede. “A nossa meta é caminhar para uma escola que funcione o dia todo, com atividades culturais e cursos profissionalizantes. Daí a importância de termos professores com uma carga horária de 40 horas de dedicação à escola, bem como a presença do coordenador pedagógico em todas as unidades da rede estadual”, afirmou.

Oferta – As vagas para professores são para diversas áreas do conhecimento, como por exemplo, os com licenciaturas em Ciência Biológicas, Ciências Naturais, Ciências Humanas, Ciências da Sociedade, Filosofia, Artes, Educação Física, História, Artes, licenciatura interdisciplinar em Linguagens e Códigos e suas Tecnologias, Matemática ou licenciatura interdisciplinar em Matemática e Computação e suas Tecnologias, habilitação em Química oriundo de curso superior. Para coordenador pedagógico, é preciso ter curso de Pedagogia. Tanto para professor quanto para coordenador pedagógico é exigido diploma registrado de conclusão de curso superior de graduação, conforme estabelecido no edital, devidamente registrado, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Remuneração – Para o cargo de professor padrão P, grau IA, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 2.145,36, acrescido de Gratificação de Estímulo às Atividades de Classe, no percentual de 31,18% incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 668,92, perfazendo um total de  2.814,28. Para o cargo de Coordenador Pedagógico, Padrão P,  grau IA, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 2.145,36, acrescido de Gratificação por Condições Especiais de Trabalho, no percentual de 34,75%, incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 745,51, totalizando R$ 2.890,87.

Aplicação das Provas – O concurso terá três etapas. As provas objetivas (1ª etapa) e discursivas (2º etapa) serão aplicadas no dia 25/02/2018, para todos os cargos, no período da manhã, nas cidades de Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Somente será corrigida a prova discursiva dos candidatos habilitados e melhores classificados nas provas objetivas. A terceira etapa é a prova de títulos, para fins de pontuação dos candidatos habilitados na prova discursiva.

Acesse o edital completo no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)

23380301_1498373916878733_2883022806617223683_n

Estudantes participam da etapa territorial dos projetos de arte e cultura em Serrinha

Estudantes da rede estadual do Território do Sisal irão apresentar os projetos de arte e cultura, desenvolvidos nas escolas, nesta quinta-feira (9) e na sexta (10), entre 9h e 22h, no Shopping Serrinha, no município de Serrinha, para o público estudantil da região, que terá acesso gratuito. A etapa territorial dos projetos estruturantes desenvolvidos pela Secretaria da Educação do Estado, visando dinamizar o ambiente escolar e promover o protagonismo estudantil, envolve exposições do Artes Visuais Estudantis (AVE) e do Educação Patrimonial e Artística (EPA), apresentações do Tempo de Artes Literárias (TAL), do Dança Estudantil (DANCE), do Encontro de Canto Coral (ENCANTE), do FACE (Festival Anual da Canção Estudantil) e do projeto Produção de Vídeos Estudantis (PROVE).

 Na sexta, os filmes produzidos pelos alunos, através do Produção de Vídeos Estudantis (PROVE), serão exibidos no Orient Cinemas.  Os vídeos apresentados foram produzidos no ambiente escolar na etapa local do encontro e dois deles serão selecionados para o Encontro Estadual, a ser realizado em Salvador, de 21 a 23 de novembro, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Os filmes foram produzidos pelos estudantes dos colégios estaduais Senhor do Bonfim (Cansanção), Hamilton Rios de Araújo e Prof. Olgarina P. Pinheiro (ambos em Conceição do Coité) e Gildásio Penedo (Tucano), além do Centro Educacional 30 de Junho (Serrinha) e Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) do Sisal (Serrinha). São esperados estudantes espectadores dos 20 municípios integrantes do NTE 4.

Programação: 

09/11 – Quinta-feira

14h – Abertura Oficial

Exposição do AVE e do EPA

10/11 – Sexta-feira

09h – Abertura

10h – FESTE

10h30min – PROVE

13h – TAL

15h – ENCANTE

15h30min – DANCE

18h – FACE

Template Encontro

Estudantes apresentarão seus projetos no V Encontro Estudantil da Rede Estadual no Shopping Serrinha.

Nos dias 09 e 10 de Novembro acontecerá o 5º Encontro Estudantil da Rede Estadual de Educação do Território do Sisal, no qual serão apresentados os Projetos Artísticos de estudantes de todo o Território.

No evento serão apresentadas obras criadas por alunos, referentes aos os seguintes projetos:

FACE (Festival Anual da canção estudantil)

AVE (Artes visuais estudantis)

PROVE (Produções de vídeos estudantis)

TAL (Tempos de arte literária)

DANCE (Dança estudantil)

FESTE (Festival estudantil de teatro)

EPA (Educação patrimonial e artística)

ENCANTE (Encontro de Canto coral estudantil)

O encontro tem o objetivo de apresentar as práticas pedagógicas, artísticas e culturais desenvolvidas no contexto escolar, por alunos de Rede Estadual de Educação.

As obras apresentadas que forem selecionadas passarão para a Etapa Estadual que ocorrerá em Salvador.

Convite Encontro_2017

Filmes de estudantes da Rede Estadual de Educação serão exibidos em sala de cinema.

 

Pelo terceiro ano consecutivo, estudantes da Rede Pública estadual do Território do Sisal, terão seus filmes exibidos em uma sala de Cinema, através do Projeto PROVE (Produção de vídeos estudantis) da Secretaria Estadual da Educação organizada pelo Núcleo Territorial de Educação -NTE04, no V Encontro Estudantil da Rede Estadual, no Shopping Serrinha durante os dias 09 e 10/11.

A exibição dos filmes produzidos pelos estudantes de 06 unidades escolares acontece das 10h30min às 12h na sexta-feira (10/11) no Orient Cinemas. São esperados estudantes espectadores dos 20 municípios integrantes do NTE04(Território do Sisal).

Os vídeos apresentados foram produzidos no ambiente escolar na etapa local, e dois deles serão selecionados para o Encontro Estadual, a ser realizado em Salvador.

As unidades participantes da Etapa Territorial são:

Colégio Estadual Senhor do Bonfim – Cansanção

Colégio Estadual Hamilton Rios de Araújo – Conceição do Coité

Colégio Estadual Prof. Olgarina P. Pinheiro – Conceição do Coité

Centro Educacional 30 de Junho – Serrinha

CETEP Sisal – Serrinha

Colégio Estadual Gildásio Penedo – Tucano.

A ideia de exibir em uma sala de Cinema é para incentivar ainda mais as produções audiovisuais estudantis.

Além do PROVE, durante o Encontro Estudantil, teremos exposições do AVE, EPA e apresentações do TAL (Tempo de Artes Literárias), DANCE, ENCANTE e FACE (Festival Anual da Canção Estudantil).

Template Cinema

Começa no dia 6 de novembro a renovação de matrícula nas escolas estaduais

Começa no próximo dia 6 de novembro a renovação da matrícula para os estudantes que estão matriculados e com frequência regular nas escolas da rede estadual de ensino. O cronograma de renovação de matrícula e do período de matrícula para o ano de 2018 foi divulgado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia no Diário Oficial do Estado, desta sexta-feira (27), através da Portaria n° 7834/2017. O período de renovação de matrícula será até 30 de novembro.

O processo será feito pela internet, por meio do Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br) ou diretamente na unidade escolar onde o aluno estuda e concluirá o ano letivo de 2017. Para a renovação, o estudante deverá recolher a carta de renovação na secretaria da escola onde ele estuda, sinalizar a intenção ou não de permanecer na unidade escolar onde está matriculado e devolver o documento para a escola. No caso de menores de 16 anos, será necessário que os pais ou responsáveis sinalizem a permanência ou não do aluno na escola e assinem o documento para a devolução. A outra opção é o estudante ou responsáveis (no caso de menos de 16 anos) utilizarem o código disponível na carta para acessar o sistema e renovar a matrícula pela internet.

Ainda em novembro, nos dias 13 e 14, será realizada a pré-matrícula para o público alvo da Educação Especial, ou seja, estudantes com necessidade educacional especial (com deficiência, transtorno global do desenvolvimento e/ou altas habilidades/superdotação), com ou sem diagnóstico comprovado, que não concluíram o ano letivo 2017 nas escolas estaduais e desejem ingressar ou regressar à rede estadual de ensino no ano letivo de 2018. Esta pré-matrícula acontecerá apenas pela internet, através do Portal da Educação.

Para a pré-matrícula, todos os campos de cadastro devem ser preenchidos, informando o tipo de deficiência que o estudante possui, se apresenta transtorno global do desenvolvimento ou altas habilidades/superdotação. O estudante inscrito na pré-matrícula da Educação Especial terá sua matrícula efetivada, somente após a entrega da documentação (original do histórico escolar, original e cópia da carteira de identidade ou certidão de registro civil e original e cópia, com data recente, do comprovante de residência) na unidade escolar que for indicada no cadastro pelo Núcleo Territorial de Educação (NTE), nos dias 25, 26 e 29 de janeiro de 2018.

Matrícula 2018

Fonte: ASCOM/SEC

Colégio Estadual em Ichu mobiliza estudantes para ações de prevenção à saúde

Os estudantes do Colégio Estadual Luiz Julio Carneiro, no município de Ichu (184 Km de Salvador), participam, nesta semana, de uma série de atividades alusivas ao Programa Saúde na Escola, da Secretaria da Educação do Estado. Após um diagnóstico, como prevê as orientações do projeto, os estudantes chegaram a assuntos como câncer, bullying, drogas e lixo e decidiram falar sobre as problemáticas e soluções dos temas, a partir de discussões em sala de aula, na perspectiva da prevenção à saúde.

“O maior benefício deste trabalho é a conscientização destes estudantes. A escola é um espaço de transformação e nós temos a obrigação de incluir esses conteúdos transversais nas nossas discussões e, desta forma, melhorar a qualidade de vida dos nossos estudantes”, afirmou a coordenadora pedagógica da unidade escolar, Geovana Marcia Carneiro Oliveira.

A coordenadora pedagógica chama a atenção, ainda, para a importância de se discutir esses temas de uma forma didática e transparente com a juventude. “Se é um problema, precisamos encarar e chamar a atenção para o cuidado consigo e com o outro. Precisamos pregar hábitos saudáveis de saúde, formas de prevenção, além de contar histórias de superação”, destacou a coordenadora.

O estudante Alisson Matheus de Jesus Costa, 14 anos, do 8º ano do Ensino Fundamental, pesquisou sobre drogas e ficou muito impressionado com o que aprendeu. “Foram mostradas histórias reais e vimos como é difícil superar os problemas que foram apresentados. Vou levar estes ensinamos para a minha vida e, se for o caso, ajudar as pessoas que precisem de ajuda. Foram lições que não vou esquecer”, afirmou.

WhatsApp Image 2017-10-27 at 10.38.09 WhatsApp Image 2017-10-27 at 10.39.29(1)

 

Fotos: Divulgação

Secretaria da Educação promove diálogo com Coordenadores dos Núcleos Territoriais de Educação

Coordenadores da Educação Básica (CODEB) e Coordenadores de Atendimento Regional (COARE) dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) estão reunidos no Instituto de Educação Gastão Guimarães, em Feira de Santana, a 115 Km de Salvador, na região Centro Norte,  para o encontro “Diálogo com Gestores”. O evento, que teve início na quarta-feira (25) e segue até a sexta-feira (27), tem como objetivo o fortalecimento da relação com os núcleos e discutir inovações pedagógicas para a melhoria da Educação em todo o Estado.

Nesta quinta-feira (26), o Secretário da Educação, Walter Pinheiro, participou do diálogo e salientou que os encontros têm o objetivo de aproximar ainda mais a Secretaria das escolas. “Esse é um trabalho que estamos realizando de envolver, cada vez mais, os núcleos com a Secretaria. Quebrar a distância, tentar estabelecer um novo caminho. Essa é mais uma etapa dos diálogos que estamos realizando. Já tivemos com os gestores dos núcleos, diretores de todas as unidades escolares e agora com os coordenadores. Também estamos ampliando esses diálogos para os estudantes e líderes de classe. Queremos, com esses diálogos, estabelecer uma relação de confiança e encaminhamentos. Empoderar com responsabilidade, porque a Secretaria estádando ferramentas, indicando caminhos, para que esses coordenadores saibam executar da melhor forma o aprendizado. É a Secretaria se aproximando da escola, porque é a escola que sabe fazer”, ressaltou.

download (1)

download

Estudantes da rede estadual participam da Prova Brasil

As provas nacionais de Língua Portuguesa e Matemática do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)/ Prova Brasil 2017 começaram a ser aplicadas, nesta segunda-feira (23), em todo o país nas escolas públicas e particulares. Na rede estadual de ensino, a Prova Brasil inclui estudantes do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, da 3ª série do Ensino Médio e da 4ª série da Educação Profissional, contemplando as escolas públicas das zonas urbanas e rurais.

Cada escola tem uma data específica de aplicação, até o dia 3 de novembro, que foi agendada diretamente pela empresa responsável pela aplicação com os gestores escolares. Todos os estudantes matriculados nas séries correspondentes devem fazer a prova, cujos resultados servirão de base para o replanejamento de ações pedagógicas, visando a melhoria dos processos de ensino e de aprendizagens.

Para a aplicação das provas, as escolas estão seguindo orientações encaminhadas pelo INEP/MEC. Uma destas orientações diz respeito ao acesso às dependências das unidades escolares, que fica restrito aos estudantes, professores, gestores, funcionários e à equipe responsável pela aplicação. “O INEP nos informou que esta é uma medida de segurança para garantir o sigilo das provas e o não vazamento de informações, tendo em vista que o período de aplicação chega a nove dias úteis”, informou a superintendente de Gestão da Informação da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Cristiane Ferreira.

Cristiane acrescenta que as orientações definem até como deve ser a permanência do professor em sala de aula. “Se o professor quiser acompanhar a aplicação, ele deve assinar um termo de sigilo, compromisso e confidencialidade, além de ser proibido o uso de objetos eletrônicos”, ressaltou. Apesar deste rigor na aplicação, a superintendente chama a atenção para a importância da realização da prova. “Este é um diagnóstico importante para a rede, mas não vai aprovar ou reprovar nenhum estudante. Por isto, é fundamental que o estudante participe e que a escola mantenha um clima de engajamento para refletir a sua realidade”.

Sobre as avaliações – As avaliações irão testar conteúdos ligados à leitura e interpretação de textos diversos, no caso de Língua Portuguesa, e questões voltadas à resolução de problemas, no caso da Matemática. As provas serão devolvidas para as empresas responsáveis pela aplicação e análise dos resultados. Os dados serão encaminhados para o INEP/MEC e disponibilizados em 2018.

idade-certa2

Foto: Ilustração/Claudionor Junior

Colégios estaduais começam a aplicar a Prova Brasil na próxima segunda-feira

Os estudantes da rede estadual de ensino deverão participar, a partir de segunda-feira (23), da aplicação das provas nacionais de Língua Portuguesa e Matemática do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)/ Prova Brasil 2017. As provas serão realizadas em um único dia nas escolas, no período de 23 de outubro a 3 de novembro, conforme agendamento prévio feito pela empresa responsável pela aplicação. Esta avaliação é fundamental para o replanejamento de ações pedagógicas, visando a melhoria dos processos de ensino e de aprendizagens.

A Prova Brasil inclui estudantes do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, da 3ª série do Ensino Médio e da 4ª série da Educação Profissional, contemplando as escolas públicas das zonas urbanas e rurais. A avaliação do SAEB contribui para a obtenção de um diagnóstico da Educação Básica, que também subsidiará a formulação, reformulação e o monitoramento das políticas públicas nas esferas municipal, estadual e federal.

De acordo com a superintendente de Gestão da Informação da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Cristiane Ferreira, o objetivo não é reprovar ou aprovar o aluno, mas obter um diagnóstico sobre o que os estudantes aprenderam em Língua Portuguesa e Matemática, durante os anos de estudo. “É muito importante a participação de todos os professores neste trabalho de sensibilização junto aos estudantes da rede, para que eles façam a prova de forma mais consciente e responsável”, afirma Cristiane Ferreira, ao acrescentar que as famílias também têm um papel fundamental no sentido de estimular os filhos a participarem deste processo.

As avaliações irão testar conteúdos ligados à leitura e interpretação de textos diversos (charges, piadas, tirinhas, contos, crônicas, cartas, fábulas, poemas, propagandas), no caso de Língua Portuguesa, e questões voltadas aos temas espaço e forma; grandezas e medidas; número e operações/álgebra e funções; e tratamento da informação, no caso de Matemática.

Nesta edição, o SAEB/Prova Brasil deixou de ser amostral para os estudantes do 3ª série do Ensino Médio e passou a ser censitária, envolvendo, também, os estudantes da 4ª série da Educação Profissional. As provas do SAEB serão aplicadas na Bahia pela Fundação Getúlio Vargas e o tempo para a realização é de duas horas e 30 minutos.

Cartilha – Os professores e gestores escolares podem obter maiores informações sobre o processo, através da Cartilha do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB). O material, publicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), está disponível para download no Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br.

22308837_1472939116088880_1358809777761300795_n

Foto: Ilustração/Claudionor Junior
Fonte: ASCOM

Estudante da zona rural de Araci conquista medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática

A habilidade com os números e o gosto pelo desafio em resolver cálculos está fazendo com que o estudante Dikson Ferreia dos Santos, 15 anos, morador do distrito de Pedra Alta, zona rural do município de Araci (223 km de Salvador), se transforme em um grande campeão da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP). No próximo dia 14 de novembro, o estudante do 3º ano do Ensino Médio embarcará para o Rio de Janeiro, onde receberá, em cerimônia no Teatro Municipal no dia 15, a medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP). O detalhe é que esta é a quarta medalha da OBMEP que ele conquista nos últimos quatro anos. A coleção nas competições que participou, no entanto, já chega à soma de 11 medalhas.

Por morar na zona rural, Dikson é estudante do Ensino Médio por Intermediação Tecnológica (EMITec). Graças à esta tecnologia, ele assiste às aulas no Instituto Educacional de Pedra Altas, que são transmitidas via satélite, em tempo real, com professores diretamente dos estúdios instalados no Instituto Anísio Teixeira, em Salvador. Ele fala que o fato de estudar perto de casa, otimiza o seu tempo. “O EMITec é bem importante para estudantes de baixa renda que não têm condições de ir para outro lugar e os professores são bem qualificados. Estudar pelo EMITec é importante para mim porque não precisei mudar para uma cidade maior par estudar”, afirma.

Filhos de professores da educação infantil, Dikson diz que só se interessou pela Matemática quando resolveu participar da primeira OBMEP, em 2012. “Depois disso, eu tomei gosto e fui participar de um curso de iniciação científica, quando fui bolsista do CNPq. Então, me apaixonei pela Matemática e comecei a estudar cada vez mais”, afirma. O estudante acrescenta que é movido pelos desafios. “Mesmo que eu quebre a cabeça, a felicidade de resolver compensa o tempo que gastei sofrendo por ele. Eu conquistei uma medalha de Prata da OBMEP, que para mim foi muito valiosa, pois passei nove horas fazendo a prova e acertei a metade das questões”, comemora.

Em visita aos estúdios do EMITec, nesta quarta-feira (18), Dikson foi recebido por professores que ele costumava interagir pelo vídeo. Na oportunidade, o estudante falou para os demais colegas em toda a Bahia, que assistem às aulas pelo mesmo programa. O EMITec atende a 21.120 estudantes que moram em áreas remotas da Bahia, chegando a 414 localidades, em 150 municípios. Além de contar como é a sua experiência nos estudos, ele também disse que já está se preparando para o vestibular e acredita que o bom desempenho nas provas de Matemática irá contribui para sua entrada na universidade. “Acho que vou fazer Engenharia Mecatrônica e ou alguma outra coisa que relacione a Matemática e a Física. Então, a Matemática sempre vai fazer parte da minha vida”.

WhatsApp Image 2017-10-19 at 09.31.52 WhatsApp Image 2017-10-19 at 09.31.55

Fale com Dikson – 75-9-9709-7246 / 75-9-8189-8880